Algumas dicas para evitar furtos e roubos em residências – Por Delegado Ulisses Gabriel

0
Slider

Por Delegado Ulisses Gabriel

Cremos que não há dúvida que segurança pública não é apenas dever do Estado, mas direito e responsabilidade de todos, além de ser um dos pilares de sustentação da sociedade e direito fundamental, é obrigação moral do Estado e de seus agentes, que devem cumprir suas funções a fim de atingir o objetivo constitucional e um modelo qualificado de atendimento, sensação de segurança e efetividade, pois não só de percepção de segurança vive a sociedade, mas de ações concretas.

 

Ao considerarmos que segurança pública é responsabilidade de todos, constatamos, inicialmente, que todos os cidadãos, além de seguirem as regras de conduta impostas pela legislação, devem possuir comportamento social pautado dentro dos preceitos éticos, bem como evitar que se tornem vítimas de criminosos.

Mas por que devemos não dar condições para que o criminoso atue? Simplesmente porque se a vítima colaborar de alguma forma com o autor do crime, como por exemplo, deixar a chave do veículo na ignição, a pena do infrator poderá ser diminuída. Assim, diz a Lei que o comportamento da vítima é uma condição que poderá diminuir a pena do criminoso. Um absurdo, mas está na lei.

Então vem a pergunta: o que fazer para prevenir roubos e furtos em residências, geralmente os mais corriqueiros. Vamos fazer uma lista de dicas que podem evitar que o crime ocorra.

 

  1. Tente instalar sistemas de alarme, monitoramento e iluminação eficientes, os quais deverão ser testados regularmente. Cachorros adestrados podem ser muito eficientes.
  2. Sempre mantenha trancados os portões e portas de acesso à sua casa, orientando os empregados e demais moradores a mantê-los fechados. Durante o dia não deixe as portas de sua residência abertas, muito menos se for pra dormir.
  3. Reforce a segurança das janelas com grades, principalmente instaladas internamente.
  4. Coloque travas e fechaduras extras.
  5. No período noturno, mantenha as portas internas fechadas, como a porta do quarto, para evitar ser tomado de surpresa quando estiver dormindo, já que existirá outra barreira entre o criminoso e você.
  6. Tome cuidado na escolha dos funcionários que vão trabalhar na sua residência.
  7. Nunca permita a entrada de suspeitos na sua residência.
  8. Tome cuidado com pedidos de ajuda durante a noite e jamais abra a porta sem ter extrema certeza que se trata de pessoa muito conhecida.
  9. Não guarde valores elevados em sua casa.
  10. Procure sempre ter em mãos telefones úteis, como de vizinhos, parentes, amigos, Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros e Hospital.
Slider

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui