Benedet anuncia voto contra a Reforma da Previdência

0
Foto: Divulgação/DN
Slider

Deputado defende que primeiro seja votada a Reforma da Previdência Pública, dos políticos, funcionários públicos e dos altos salários do governo federal

Criciúma

O deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB) se pronunciou contrário ao texto da Reforma da Previdência que está previsto para entrar em votação no Congresso nos próximos dias e solicita ao governo federal que vote primeiro a Reforma da Previdência Pública. “A Reforma é extremamente necessária, mas ela precisa ser justa. Devemos dar o exemplo, fazer primeiro a dos políticos, dos funcionários públicos e dos altos salários do governo federal, cortar da própria carne, para depois pensar em fazer com a previdência privada”, enfatiza Benedet.

Emenda

Benedet apresentou uma emenda constitucional no texto da Reforma, para que fosse incluído no texto um regime especial para mineiros, agricultores e braçais, mas foi negado pela comissão que analisa o texto. “Não é justo um trabalhador braçal que trabalha no sol a sol, esperar os 65 anos e ser comparado ao que trabalha em um escritório, por isso apresentei essa emenda, mas não foi aceita”, informa o deputado.

O que diz o governo

Segundo informações do governo federal, 50% dos recursos da Previdência Social atualmente são destinados aos aposentados do sistema público federal, enquanto os outros 50% são divididos entre o restante da população. “Essa conta está errada. Hoje a previdência privada está bancando a pública, e o trabalhador, que se aposentará com no máximo R$ 5 mil, sairá prejudicado com a aprovação da Reforma da Previdência, enquanto temos aposentados do governo federal ganhando R$ 30 mil ao mês”, finaliza o deputado peemedebista.

 

Fonte: DN Notícias

Slider