Como podemos identificar a procrastinação?

0
Slider

Por Clarize Aparecida Carvalho Padilha

A procrastinação vem acompanhada com aquele desejo de adiar os compromissos e afazeres diários, final de ano está chegando, é comum falarmos que no próximo ano todas as metas serão alcançadas e com isso a sua vida vai melhorar, no entanto essas promessas de início de ano vão sendo adiadas a cada dia e quando a procrastinação se torna um hábito pode prejudicar as relações.
Quantas vezes você deixou de fazer os afazeres que precisavam de atenção naquele instante e acabou fazendo atividades que não tinham tanta importância. Suponhamos que você tenha, por exemplo, uma reunião de negócios que exija de um planejamento antecipado. Entretanto, ao invés de se preparar para esse encontro você acaba abrindo mão dessa preparação e realiza outras tarefas.

Por qual motivo procrastinamos?

Alguns motivos podem levar a nos procrastinarmos, quando temos um prazo estendido, acabamos realizando as tarefas que achamos que seja necessária naquele momento e adiamos a tarefa a longo prazo para mais perto da data prevista. Na maioria das vezes, esperamos pelo momento que nunca chega, é comum falarmos que hoje o dia não está legal e amanhã pode ser uma boa oportunidade de realizar aquela atividade com sucesso, porém, chega o dia seguinte e você ainda sente vontade de desempenhar o que havia prometido no dia anterior, novamente você se enxerga com os acúmulos de afazeres que foram deixados para última hora. A sua zona de conforto é tão mais prazerosa que todos os seus compromissos diários, isso faz com que você evite as oportunidades novas em sua vida, pois, essa procrastinação se transformou em sua maior aliada.

Qual o efeito da procrastinação na sua vida?

A procrastinação pode fazer mal a nossa saúde mental e física, o adiamento de alguns compromissos pode ser algo satisfatório naquele momento, então os dias vão passando e você acaba se acostumando com essa rotina, entretanto, a culpa de não realizarmos funções que são atribuídas pode aumentar ainda mais a postergação.
Esse fator não atrapalha somente na produtividade, mais também nos impactos da saúde mental, sintomas relacionados com a depressão e ansiedade estão ligados com a procrastinação.
Identifique os comportamentos que te levam a se comprometer com as demandas propostas, seja no trabalho ou na vida pessoal, pense no que faz com que você fique entediado ao fazer tal tarefa, deixe as distrações para os momentos de lazer e organize sua rotina de acordo com as atividades diárias, assim você vai distribuir melhor o seu tempo e também terá momentos de descansos sem se sentir culpado.

Slider