Slider

A Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina (FECAM) esteve presente no primeiro dia da XXIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada no Centro Internacional de Convenções de Brasília de hoje (25) até o dia 28 de abril. O encontro realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), possui uma média de 6 mil inscritos entre prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais gestores que representam o municipalismo no país.

Após ter sido cancelada em 2020 e 2021 em razão da pandemia da Covid-19, o tema deste ano é “Município: o caminho para um Brasil melhor”. A programação completa pode ser acessada clicando aqui.

Dando início a programação foram realizados painéis temáticos. A FECAM participou do painel que tratava da educação: “Piso Nacional do Magistério: desdobramentos e consequências da ineficácia do critério de reajuste do piso da lei 11738/2008”. No encontro a consultora de Educação da CNM, Mariza Abreu anunciou a publicação da nota técnica sobre piso e carreira no site da instituição que visa orientar os municípios na temática. A FECAM como entidade representativa dos 295 municípios catarinenses, segue acompanhando a pauta.

Além disso, o prefeito de Orleans e presidente da FECAM, Jorge Luiz Koch, participou da reunião do Conselho Político da CNM que reúne entidades estaduais e regionais que representam o municipalismo no Brasil. Os participantes discutiram as pautas que serão abordadas ao longo da programação da marcha.
O evento tem confirmada a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de comitiva ministerial na cerimônia de abertura, a partir das 9h de 26 de abril, bem como autoridades do Legislativo e do Judiciário. Também deverá receber seis pré-candidatos à presidência da República, ao longo de sua programação, no palco principal.

Com informações da FECAM

Slider