DIC de Araranguá identifica e prende acusados de matarem homem com socos e chutes

0
Slider

Nessa sexta-feira, dia 8, a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Araranguá, prendeu dois homens suspeitos de crime de homicídio, ocorrido em Balneário Arroio do Silva no final do mês de março. As prisões foram realizadas em Araranguá e Balneário Arroio do Silva, após terem sido expedidos os mandados de prisão preventiva contra os conduzidos.

Após duas semanas de investigação, a Polícia Civil identificou dois homens, de 20 e 30 anos de idade, suspeitos de terem assassinado Romeu Cesar Tavares Castro, de 44 anos, na madrugada do dia 28 de março. O corpo da vítima foi encontrado na beira da praia, no centro de Balneário Arroio do Silva, e apresentava diversos ferimentos. A identificação da vítima foi possível através de exames periciais a partir das digitais. Romeu teria sido agredido com socos e chutes, após uma discussão com os autores.

Durante o Inquérito Policial que apurava o homicídio, a DIC de Araranguá reuniu elementos informativos que apontaram a participação de um dos suspeitos em um crime de roubo, praticado em Balneário Arroio do Silva, no dia 26 de março.

Os presos também estão sendo acusados de coação no curso do processo, após terem ameaçado e agredido uma das testemunhas do crime de homicídio. Os dois presos da tarde de ontem foram encaminhados ao sistema prisional e os inquéritos policiais serão finalizados e encaminhados ao judiciário local.

Fonte: Engeplus

Slider