EEB São Ludgero realiza IV Mostra Científica, Tecnológica e Cultural no dia 27 de setembro

0
Slider

EEB São Ludgero realiza IV Mostra Científica, Tecnológica e Cultural no dia 27 de setembro. Acontece, também, o 1º Eletrizando

Com o tema “Tecnologia e Vida: Semeando ideias, colhendo ações” a Escola de Educação Básica de São Ludgero realizará no dia 27 de setembro, próxima quinta-feira, das 9 às 11h30min e das 13h30min às 20 horas, a IV Mostra Científica, Tecnológica e Cultural.

Durante o dia os alunos tomarão corredores e salas de aula para apresentarem aos pais, familiares e comunidade em geral, na prática, um pouco do conhecimento adquirido, das ideias que se transformaram em realidade. As professoras coordenadoras Angelina Walter Sizenando Veronêz, Eloise Schlickmann e Luana Michels explicam que o objetivo da Mostra é promover a investigação e cooperação, incentivando alunos e professores das Séries Iniciais, do Ensino Fundamental e Médio a planejarem e executarem trabalhos científicos, possibilitando a oportunidade de construir o conhecimento de forma interdisciplinar, criativa e contextualizada. “No dia da Mostra os visitantes ao chegarem irão entrar no corpo humano e cada grupo, entre 6 e 10 alunos, do Ensino Médio Inovador (EMI), irão apresentar suas partes a exemplo do sistema respiratório, esquelético, nervoso, cardiovascular, reprodutor masculino e feminino”, detalha a professora Eloise. Além disso, ela informa que alunos do 1º ao 5º ano, do 6º ao 9º ano e também do Ensino Médio, totalizando 20 grupos, durante a Mostra, também fazer apresentações baseada em temas que já estudaram durante o ano letivo. “Com exceção do 1º ao 5º Ano, cada grupo fez inscrição, com nome dos alunos, nome da professora orientadora e o tema a ser abordado. Enfim, oportunizamos que todos que tivessem interesse, pudessem participar”, detalha a professora.

Uma Comissão irá avaliar as apresentações durante a Mostra. Do 1º ao 5º Ano todos receberão certificados, do 6º ao 9º Ano e o Ensino Médio, além dos certificados, os integrantes dos grupos que melhor serem avaliados pela comissão, com base nos critérios estabelecidos, receberão medalha de ouro, prata e bronze, respectivamente. Cada aluno que participar das apresentações, também, receberá um ponto na média.

O prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, recebeu na manhã de quarta-feira, 19 de setembro, a visita em seu Gabinete, dos alunos Victor Hugo Della Giustina e Eduardo Warmeling Soethe, ambos do 1º Ano do Ensino Médio. Na ocasião, fizeram a entrega oficial do convite para prestigiar o evento. Para o prefeito Iba, a Mostra é uma forma dos alunos saírem da zona de conforto e apresentarem à comunidade de forma geral, um pouco do conhecimento adquirido em sala de aula. “Parabenizo todos os envolvidos pela iniciativa e todos os alunos participantes. São ideias e conhecimentos adquiridos sendo colocadas em prática”, resume.

 

1º Eletrizando apresentará protótipo de edificação construída pelos alunos do 3º Ano do Ensino Médio Inovador (EMI) e Regular com eficiência energética

Durante a IV Mostra Científica, Tecnológica e Cultural da Escola de Educação Básica São Ludgero, que será realizada no dia 27 de setembro, acontece no mesmo local e horário, também, a primeira edição do Eletrizando, de responsabilidade dos alunos do 3º Ano do Ensino Médio Inovador (EMI) e Regular, somando um total de quatro projetos, um por turma, apresentando à comunidade um protótipo de edificação com eficiência energética, construído do início ao fim pelos alunos, com energia fornecida pela Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero).

Uma das professoras coordenadoras, Luana Michels, explica que o projeto está sendo desenvolvido pela primeira vez. “A construção de um protótipo de edificação com eficiência energética, contendo estratégias bioclimáticas e instalação elétrica funcionando (iluminação e tomadas), vem sendo desenvolvido desde o mês de abril pelos alunos. Antes disso, foi realizado o planejamento em conjunto com os professores, juntamente com a equipe diretiva da escola”, esclarece. A professora completa informando que cada turma teve que elaborar um projeto arquitetônico da casa contendo uma planta baixa com escala para a construção da maquete. “Depois dessa etapa, aconteceu divisão em equipes para executar o projeto: uma equipe para o projeto e construção; uma equipe para a decoração; uma equipe para as estratégias bioclimáticas; e, uma equipe para a instalação elétrica” pontua Luana.

Os alunos contaram com o apoio dos professores de matemática, física, geografia e arte. Também, com o apoio indireto dos demais professores com ideias, aulas para planejamento e execução do trabalho com participação da direção e comunidade escolar fornecendo material.

A professora Luana finaliza reforçando o convite para a comunidade em geral prestigiar os eventos da escola e lembra que projeto semelhante era desenvolvido, anteriormente, na instituição e serviu de base para que o Eletrizando pudesse surgir. “Entre as adaptações realizadas do projeto anterior, o fato da iluminação da casa contar com a energia elétrica fornecida pela Cegero, bem como energia fotovoltaica em um circuito separado, apresentando os benefícios da implantação da mesma”, ressalta.

 

Slider