Ex-padrasto que confessou ter matado menina de 2 anos em SC é denunciado por homicídio qualificado

0
Foto: Reprodução/Redes sociais
Slider

O ex-padrasto da criança de 2 anos encontrada morta em um apartamento de Treze Tílias, no Oeste catarinense, foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por homicídio qualificado. O homem confessou o assassinato à polícia e está preso preventivamente. A denúncia chegou ao Poder Judiciário na tarde desta sexta-feira (13).

Denúncia

A menina foi assassinada dentro de casa. Segundo a denúncia, a motivação foi o desejo do homem de se vingar da mãe dela, que terminou o relacionamento com ele e pediu para que ele saísse da casa que dividiam com a criança.

O dia do assassinato foi o último que ele ficaria na residência. Nessa data, ele se ofereceu para cuidar da menina. Porém, quebrou a relação de confiança que tinha com a criança e a mãe ao cometer o crime, o que caracteriza a qualificadora de traição.

Fonte: G1 SC

Slider