Governo do Estado realiza atendimentos para auxiliar cidades atingidas pelas chuvas

0
Foto: Divulgação/CBMSC
Slider

As equipes do Governo do Estado se mantêm mobilizadas no atendimento às ocorrências geradas pelas fortes chuvas que atingiram Santa Catarina. O governador Carlos Moisés acompanha os desdobramentos dos atendimentos realizados pelo Corpo de Bombeiros Militar e pela Defesa Civil. No total 21 municípios relataram ocorrências que vão desde alagamentos, deslizamentos, queda de árvores e muros. Os municípios de Canelinha, Balneário Gaivota, Pescaria Brava e Imaruí decretaram situação de emergência. Já Brusque e Camboriú devem publicar o decreto nesta quinta-feira,10.

“As equipes mobilizadas pelo Governo do Estado já estão auxiliando a população das cidades atingidas pelas chuvas, vento e granizo desde a noite de terça-feira, em diversas regiões do Estado. Nossa força-tarefa está prestando assistência imediata para todas as famílias que foram atingidas, em um esforço conjunto de Defesa Civil de Estado e municípios, Corpo de Bombeiros Militar e prefeituras”, afirmou Carlos Moisés.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC), entre as 8h e as 14h da quarta-feira, 9, quase 100 atendimentos foram realizados pelos sete batalhões do litoral catarinense, com destaque para Tubarão e região, que tiveram mais de 30 atendimentos, além de Itajaí e Balneário Camboriú, com mais de 20 atendimentos cada. Durante o dia, foram acionadas as equipes de Força-Tarefa, utilizadas em situações extremas pelo CBMSC. Estes números representam apenas as ocorrências relacionadas com situação causada pelas chuvas.

Atuaram a FT 07, do batalhão de Itajaí, a FT 08, do batalhão de Tubarão e a FT 13, do batalhão de Balneário Camboriú. Também foi utilizado o helicóptero Arcanjo 03, que fica na base de Blumenau, para sobrevoo de análise da situação em Camboriú e região.

Entre as ocorrências atendidas estão a remoção de pessoas de residências e transporte em botes, desobstrução de vias, corte de árvores que representam riscos, distribuição de lonas. Em Laguna uma escola infantil precisou ser evacuada.

Defesa Civil sobrevoa áreas atingidas


Foto: Divulgação/DefesaCivilSC

Ainda na tarde de quarta-feira, o chefe da Defesa Civil, David Christian Busarello, sobrevoou as cidades mais atingidas pelas chuvas.

As informações repassadas apontam que em Camboriú 200 pessoas foram retiradas das residências e 17 pessoas estão no abrigo. Já em Canelinha 146 pessoas permanecem abrigadas na Escola Professora Maria de Lourdes Nicolau Zimermam. Abrigos também foram ativados em Laguna e Brusque. “Mobilizamos sete coordenadorias Regionais da DCSC para prestar todo o apoio necessário aos municípios”, comentou o chefe da DCSC David Busarello. Segundo ele, a ação conjunta dos órgãos do Governo do Estado está resultando em uma resposta rápida. Busarello está percorrendo os municípios que registraram ocorrências para agilizar a chegada de suporte.

Já foram disponibilizados, para os municípios de Brusque, Balneário Gaivota, Canelinha, Pescaria Brava e Laguna, cinco rolos de lona, 190 cestas básicas para sete dias, 166 colchões, 166 kits de acomodação, 40 kits de higiene pessoal e 190 kits de limpeza. A quantidade de itens liberados deve aumentar nas próximas horas em função do município de Canelinha que ainda não finalizou o levantamento, mesmo assim a DCSC já está mobilizada e preparando os itens de assistência humanitária para serem enviados.

A Defesa Civil mantém o alerta para o risco de novos deslizamentos e desmoronamentos, porque o solo está encharcado.

Slider