Histórias que marcaram Orleans: Jailson Alberton

0
Foto: Canal do Sul | Guilherme Luíz Tezza
Slider

Jailson Alberton, Orleanense nato, filho da comunidade de Brusque do Sul, hoje nos dá a oportunidade de registrar um pouco da sua história.

Família e infância “na” Brusque

Filho de Jaime Alberton e Izabel Niero Alberton é casado com Cristiane Mazzuco Leandro e pai da Eliza de 16 anos e do pequeno Henrique que vai completar 4 anos em agosto.

“Somos três irmãos, eu sou o mais velho, seguido do Jaimerson, popularmente conhecido como “cuca” e a mais nova, Joice que reside na Serraria.”

Perguntamos o que mais marcou a infância na comunidade de Brusque do Sul, e ele nos trouxe inúmeras recordações.

“Eu me lembro bem, banho de rio, pescar, caçar de funda e principalmente futebol, que era levado muito a sério. Tudo isso a gente fazia”

Pedimos também para citar os amigos que se recorda.

“Me lembro de todos, citou alguns: Leonei Ferrareis, a família do seu Adão Lopes (in merorian), Oilton Carrer, Eunice Lole, Leomar Brugnara, Zué irmão do Dom Onécimo, enfim, muita gente me recordo. Tudo isso fez parte da minha infância, que eu posso dizer que foi muito bem aproveitada lá naquela comunidade.”

Lembranças marcantes da infância

“Brusque me remete muito aos amigos, família. Nós tínhamos uma turma que era muito unida. Depois de ter vindo para a cidade, eu ia pra lá só nas férias, era muito evolvido no futebol. Lembro-me dos bailes da Brusque, que era muito legal, três bailes por ano, Páscoa, Pais e fim de ano. Era muita gente, o carnaval era incrível, mas o que me marcou mesmo foi o futebol de campo, no grupo 4S, o nosso time era o 7 de Setembro. O último campeonato que participei foi o de 1995, e então machuquei o joelho não podendo mais jogar;”

“Me lembro dos grandes jogadores da época. Quando eu comecei a jogar, tinha o Sr. Valério Marchioro, falecido Vonibaldo Mazon, Genicio Batista, Zeca da Dona Tuti, Geraldinho Batista, Ronivaldo Alberton, Deno, Gilson, goleiro Lavi, Rudnei filho do seu Bruno Brugnara, Luiz Brugnara. Tnha muita gente boa na Brusque, o meu irmão era muito bom, chegou a fazer teste no Criciúma. As minhas lembranças são as melhores possíveis, lá da nossa amada comunidade de Brusque do Sul.”

Educação básica

“A 1ª a 4ª série eu fiz em Brusque, o nome da escola na época era Reunida Paulo Frontim. Me recordo também dos professores. A primeira professora foi a Dona Mara, não me recordo o sobrenome, Dona Valilde e também a nossa querida professora e catequista Dona Eulália Mazom.”

Família tradicional italiana

“O primeiro a chegar no brasil foi o Angelo Alberton. A tradição dos dois lados da família é italiana. Alberton do Pai e Niero da parte da mãe. Sempre com a cultura e tradição muito viva em casa.”

Vinda pra cidade

“Eu fiz o ensino básico em Brusque e depois vim para o seminário São José, eu tinha 10 anos de idade. Ali eu fique 4 anos, foi um aprendizado muito bom, disciplina, comprometimento, respeito, coisa que estão meio perdidas na juventude de hoje. Saindo do seminário eu fui morar com minha tia Celina. Foi então que eu comecei a trabalhar no escritório do Sr. Luiz Veran, Popular Peixe, como Office Boy, por cerca de 7 anos. Foi minha escola do trabalho.”

Depois trabalhei nos Móveis Zomer, Lojas Zomer. Trabalhei 10 anos na Plaszom, que também foi outra escola, principalmente na parte comercial que eu me dediquei, aprendi tudo ali, agradeço sempre o Sr. Francisco Zomer (in memorian) e toda sua família que me acolheram me ensinaram muita coisa.

Dali fui pra Belplast que na época era do Vianei Redivo, trabalhei um curto período na Copozan e por fim fui pra empresa PPlast, da família Peraro em Urussanga, onde já estou há 10 anos.”

Política

Jailson foi candidato no ano de 2016, sendo vereador suplente pelo PL. Assumiu uma cadeira no Legislativo Municipal em novembro de 2019.

“Foi uma experiência muito válida e fiz, acredito que cerca de 9, 12 indicações, direcionadas para as comunidades.”

Vereador Jailson Alberton busca recursos para o Proart de Orleans

Vereador Jailson Alberton busca recursos para o Hospital Sta. Otília

Trazendo tema de política, perguntei para ele, quando e onde surgiu esse interesse pela política.

“O interesse surgiu por causa do meu pai, ele adorava política, sempre foi cabo eleitoral do Sr. Celso Volpato, e ali fomos criando gosto. Nos sempre estivemos envolvidos.”

Em meio a nossa conversa eu não poderia deixar de fazer a pergunta. Indaguei sobre a questão de pré-candidatura.

“Sou pré-candidato a vereador sim, fiz a migração para o PSDB a convite de um grande amigo, vice-prefeito Mário Coan. Tomei a decisão de apostar nesse baita time do PSDB local.”

Recado final

“Agradecer o Portal de Notícias Canal do Sul, que é muito essencial como instrumento de divulgação de informação local, utilidade pública e de conscientização. Para as pessoas que acompanham o portal eu deixo um recado para que todos nós sempre estejamos encaminhados pelo lado do bem. Trabalhar para o bem comum.”

Finalizando a entrevista perguntei como encarava o trabalho da atual administração.

“No começo dessa administração eu sempre fui crítico em algumas questões, mas com o passar do tempo e analisando o trabalho, reconheço que essa administração está sendo muito bem feita e, acima de tudo, sendo feita em prol do município ao todo. Na minha avaliação estão no caminho certo.”

Jailson Alberton foi o nosso terceiro entrevistado, e com certeza tem uma história incrível a qual deixaremos registrada em nosso veículo de comunicação. Contar histórias como essa e relembrar nomes de pessoas nos enche de orgulho!

Luan Schmitz | JP6500SC | Canal do Sul

Slider