Mobilização pede a volta de policial militar para Lauro Müller

0
Slider

A luta constante contra a criminalidade marcou a passagem do policial militar Deivid Machado marcou sua passagem pelo município de Lauro Müller. Hoje ele atua no Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT).

Em aproximadamente 18 meses, com o auxílio dos colegas  de profissão efetuou  mais de 200 prisões de criminosos na cidade de Lauro Müller.

O seu perfil de atuação rendeu reconhecimento profissional, recebendo elogios da Câmara de Vereadores de Müller, da Prefeitura Municipal, diploma de mérito pessoal, entre outros.

Além disso, o comerciante Everaldo Citadin iniciou um abaixo-assinado solicitando a volta do policial para Lauro Müller. “Estamos pensando em uma cidade mais segura”, declara.

Alguns pedidos já foram apostados, o presidente do bairro do distrito de Guatá, Manoel Jades Isidoro, o Maneca, efetuou um pedido com assinatura dos integrantes da associação de bairro, e encaminhou ao coronel Darci comandante de Içara. “Encaminhei também para Deputado Ronaldo Benedet e para deputada secretária ada de Luca” , detalha Maneca.

A reportagem entrou em contato com o policial militar Deivid Machado, que disse que desconhece qualquer abaixo-assinado, “Não tenho conhecimento deste documento, sou funcionário público de Santa Catarina e estou à disposição do Estado. Fico feliz em saber que o cidadão de bem confie em mim. Confesso que fiquei surpreso”, pontua o policial.

Questionado sobre as mais de 200 prisões em uma cidade pequena como de Lauro Muller, foi objetivo. “Apenas faço o que sou pago para fazer, que é proteger o cidadão de bem. Agradeço a parceria dos policiais que estiveram no meu lado, Sargento Nunes, Sargento Jones, Soldado Guilherme, Sargento  Asis e Sargento  Alison, e o comando do 1º tenente Daniel Comerlato, Coronel Darci e o Coronel Barreto”.

O Policial Civil Hélio Luiz Bum, afirma que o policial reprime o crime. “Muito atuante e correto no seu trabalho”, argumenta. A reportagem também entrou em contato com o Sargento Jones, que foi um dos parceiros de viatura de Deivid.  “Eu já conhecia o trabalho do Deivid, por isso pedi para trabalhar com ele. Foram muitas drogas e traficantes presos, foi uma oportunidade única de trabalhar com o Deivid. Aprendi com ele tanto quanto ensinei, ótimo policial. O trabalho dele é excepcional, a cidade devia agradecer”, pontua Sargento Jones, afirmando ainda que Deivid foi um dos melhores policiais com quem trabalhou em sua carreira de 22 anos com.

Stéphanie Piava

Colaboração de Everaldo Citadin / Foto: Divulgação

Slider