Nutrição na gestação: A importância de uma alimentação adequada

0
Slider

A gestação é uma fase em que há uma grande mudança para mulher, além das alterações físicas, as necessidades nutricionais também passam a ser diferentes neste novo ciclo da vida. Dessa forma, faz-se necessárias algumas alterações na rotina alimentar materna visando a saúde do binômio mãe-bebê.

Antigamente, ouvíamos que uma gestante deveria “comer por dois”, contudo, hoje sabemos que isso não passa de um mito e que a mãe não deve exagerar na quantidade, mas se atentar à qualidade dos alimentos ingeridos.

Nesse sentido, a alimentação durante o período gestacional deverá ser melhor em qualidade nutricional, atender a recomendação de micro e macronutrientes, favorecer o adequado desenvolvimento do bebê, auxiliar na modulação dos efeitos causados pelas alterações hormonais como náuseas, vômitos e edemas e prevenir o surgimento de doenças ao longo da gestação como anemia, excesso de peso, diabetes gestacional e hipertensão arterial.
Uma má nutrição neste período, além de apresentar consequências para mãe, pode também refletir no adequado desenvolvimento do bebê, aumentando o risco de parto prematuro.

Além do que, é cientificamente comprovado que a nutrição materna está diretamente relacionada ao desenvolvimento intrauterino do feto, com reflexos significativos à saúde na vida adulta. As alergias alimentares e a obesidade são exemplos de problemas que podem estar associados à má alimentação nesse período.
Hábitos alimentares saudáveis são importantes em todas as fases da vida, da concepção ao envelhecimento.
Assim, diante da responsabilidade de gerar um novo ser, é ainda mais relevante manter uma dieta balanceada, enfatiza a nutricionista Camila Fontanella de Fáveri especialista em nutrição materno-infantil.

A Clínica La Santé localizada em Orleans, no Edifício Pró-Saúde, sala 102 possui atendimento com nutricionista especialista em nutrição materno-infantil.
Agende sua consulta através do telefone (48) 9 9189-6849.

Slider