Profissionais do Unibave participam de missão técnica nos Estados Unidos

0
Slider

O Vale do Silício, na Califórnia, e a cidade de Nova Iorque foram os destinos de 14 profissionais do Centro Universitário Barriga Verde – Unibave durante duas semanas. Os colaboradores participaram de uma missão técnica nos Estados Unidos durante os dias 26 de janeiro e 7 de fevereiro. Reitoria, coordenadores de cursos e de setores, além de professores do Unibave, conheceram grandes empresas, universidades e colégios americanos.

O coordenador do Setor de Internacionalização do Unibave, Ismael Dagostin Gomes, explicou a importância da viagem. “O nosso objetivo é promover o intercâmbio de experiências da área de inovação, tecnologia e educação. O Vale do Silício é um polo de transformação tanto no meio industrial como no meio educacional, então organizamos uma série de atividades e visitas. Essa organização se iniciou em abril com a participação do Unibave na Feira Education USA que ocorreu em Florianópolis. Desde então começamos a articular com essas universidades, escolas e empresas a possibilidade dessas visitas”, explica.

Ismael ainda destacou o objetivo da visita no país americano. “O nosso foco tem sido nas universidades e como elas articulam a educação tradicional com o meio digital e as novas tecnologias. Visitamos os laboratórios, as salas de aulas, as bibliotecas e vimos, principalmente, como eles realizam essa mediação do tradicional com o novo. Nas escolas também prestamos atenção em como as salas de aulas estão dispostas, como o centro esportivo é utilizado, como a biblioteca é organizada”, detalha o coordenador.

A visita também serviu para conhecer novas tecnologias que ajudam a aproximar os alunos da instituição de ensino. “Nas empresas de tecnologia conhecemos como os novos softwares e as novas tecnologias, principalmente aplicadas a educação podem ser adotadas no Unibave, como uma proposta de estar atendo ao que a juventude e os nossos futuros alunos poderiam usufruir dessas novidades”, comenta Ismael.

O Reitor do Univabe, Élcio Willemann, também comentou como a visita servirá para implantar o novo projeto de ensino da instituição. “A nossa observação vem para aprimorarmos as ideias e levarmos inovação para o Unibave. Estamos com a Graduação Z, que é um projeto de inovação, regularização dos currículos pedagógicos dos cursos, em que a prática é fundamental ao sucesso desse projeto. Então estamos observando a partir da visita em laboratórios como eles integram a teoria com a prática no meio acadêmico. Acho que é uma experiência importante. O grupo do Unibave esteve empenhado e concentrado na observação para poder levar para a instituição adaptações do que observamos”, comenta o Reitor.

Slider