Tubarão: Funat fiscaliza queimadas no interior da cidade

0
Slider

A estiagem que atinge Tubarão, além de problemas no abastecimento de água, tem provocado queimadas. Nesta quinta-feira (21), fiscais da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat) vistoriaram uma área no bairro Mato Alto, região no interior da Cidade Azul.

Segundo o coordenador de Meio Ambiente e Fiscalização da Funat, Marcio Ronchi, por conta da falta de chuva, o terreno fica mais suscetível as chamas. “A pastagem está seca e favorece o início de uma queimada por qualquer motivo”, explica.

Os servidores não conseguiram identificar a autoria da ocorrência. Em outra área, verificaram uma queimada em palhada de lavoura de arroz. Diante dos fatos, Márcio esclarece que a Funat fará denúncia para a delegacia especializada em crimes ambientais, para que o produtor preste esclarecimentos.

É importante lembrar que a queima de lixo doméstico praticado por diversos cidadãos como forma de dar fim aos resíduos em terrenos baldios, além de causar danos à saúde pública com a fumaça, provoca risco de incêndio em proporções maiores, destrói a vegetação e pode causar a morte de animais.

A ação pode gerar multa, podendo configurar crime sob pena de até quatro anos de detenção.

Slider