Você se acha uma pessoa insegura? | Por Clarize Aparecida Carvalho Padilha

0
Slider

A insegurança é causada pelo medo, seja medo de fracassar, se frustrar, de não conseguir algo, de não ser capaz, de decepcionar, de ficar sozinho, de ser abandonado, rejeitado, de falar o que pensa e o que faz, ou seja, existe um grande medo de ser quem realmente é, pois a opinião do outro é muito importante para uma pessoa insegura.

O medo é uma emoção que tem a função de nos proteger de situações que haja perigo, quando sentimos medo, pensamos inúmeras vezes antes de fazer qualquer coisa. No entanto, quando esse medo te impede de tomar alguma decisão, pode passar a prejudicar a qualidade da sua vida e as situações que lhe causam medo passam a ser evitadas.

Com isso, deixamos de aproveitar muitas oportunidades que passam por a nossa vida, o medo de fracassar é maior e paralisamos quando se deparamos com situações difíceis, após isso vem o sentimento de culpa por não tomar nenhuma atitude, quando evitamos uma situação complicada não damos oportunidade de enfrentamento e com isso aumentamos a insegurança e nos sentimos inferiores em relação às circunstâncias que nos deparamos.

A insegurança pode afetar a vida pessoal e profissional, pois deixamos de tomar decisões importantes e permitimos que o outro escreva nossa própria vida, em qual papel você gostaria de estar? O papel de protagonista ou coadjuvante da sua própria vida? Reflita nisso.

As causas da insegurança vão sendo desenvolvidas com base nas nossas experiências, tudo que fizemos ao longo da nossa infância até a vida adulta, pare e pense como foi a sua criação, a insegurança pode estar ligado a criticas e cobranças que foram feitas pelos seus pais, na escola ou em outras relações. Esses medos e receios vão se repetir nos relacionamentos, por isso é ideal ficar alerta e pensar como você é hoje em suas relações.

De que modo é possível construir relações mais seguras!!!

Primeiro faça um confronto com a sua insegurança, pegue papel e caneta, visualizar no papel vai ficar mais fácil de compreender e memorizar pontue tudo aquilo que te causa medo e insegurança, veja se realmente tem motivo para ficar com medo ou inseguro, pense o que de pior pode te acontecer, será que tal situação pode acontecer de fato? Muitas vezes você deixa que seu medo seja maior que sua vontade de enfrenta-lo, pois a zona de conforto é mais cômoda, pois assim você não precisa ir para ação e consequentemente não precisa pensar em soluções diferentes para resolver esses medos.

Com isso, podemos compreender que muitas vezes o problema não é tão grande como você imagina, permita-se enfrenta-los, o processo pode ser difícil e lente, mais se você tentar e sair da zona de conforto terá muitas chances de conseguir.

Slider