Volnei Weber é eleito presidente da Amurel

2
Foto: Álvaro Dalmagro/Amurel
Slider

O prefeito de São Ludgero, Volnei Weber (PMDB), foi confirmado por aclamação o novo presidente do Conselho de Administração da Amurel. O 1º vice-presidente será o prefeito de São Martinho (PMDB) e o 2º vice-presidente, o prefeito de Braço do Norte Roberto Kuerten Marcelino (PSD), o Betinho, função que já ocupava na diretoria anterior.

Betinho abriu mão da 1ª vice-presidência, acertada no início de 2017 entre os partidos, para que Robson Back possa assumir a presidência caso o prefeito Volnei Weber resolva lançar-se candidato a deputado estadual. Nesse caso, a presidência permaneceria com o mesmo partido até fevereiro de 2019.

O Conselho Fiscal ficou composto pelos prefeitos de Armazém, Pescaria Brava e Santa Rosa de Lima e na suplência, os prefeitos de Capivari de Baixo, Gravatal e Pedras Grandes. Os demais prefeitos foram eleitos representantes da Amurel junto à Fecam.

A eleição da diretoria 2018/19 foi um dos temas da pauta da assembleia, que trouxe ainda os seguintes temas ao debate: Prestação de contas anual do exercício de 2017, com entrega de uma revista-relatório; Missão Cidades Lixo Zero – Itália; e piso regional para médicos e odontólogos.

Dentre os assuntos diversos foi trazido pelo prefeito de Rio Fortuna Lindomar Ballmann o problema que os municípios têm enfrentado a partir do final do ano passado com a Taxa de Fiscalização do Transporte Intermunicipal de Passageiros (TFT) e as taxas por atos do Departamento de Transporte e Terminais (Deter) instituídas em 2017. Isso passou a onerar demais os municípios. Um projeto de lei do deputado Jean Kuhmann busca alterar a lei aprovada pelo Governo, mas isso também não contempla na totalidade os interesses dos municípios, que querem a extinção da mesma.

Aproveitando a presença do presidente da Amrec, prefeito Hélio Roberto Cesa, e do presidente da Amesc, prefeito Zênio Cardoso, Volnei Weber sugeriu redigir uma moção a ser entregue ao governador em exercício Eduardo Moreira. O secretário executivo da Fecam Rui Braun, que prestigiava a solenidade, sugeriu a entrega em mãos do governador, ainda nesta sexta-feira (23), durante a inauguração da nova sede da Amesc, em Araranguá. Assim foi feito. “Para obter o alcance almejado pelos entes municipais, torna-se necessária uma alteração do projeto, de modo a isentar toda e qualquer atividade de transporte intermunicipal realizada pelos entes Municipais, seja em caráter direto ou indireto”, diz um trecho da moção.

Despedida

O prefeito de Tubarão Joares Ponticelli, que entregou o cargo hoje, disse em seu discurso ter sido gratificante exercer o mandato à frente da Associação. “Vocês me ensinaram muito. Agradeço mais uma vez o prefeito Volnei que nobremente abriu mão do mandato no ano passado para que eu pudesse comandar a Amurel neste primeiro ano, como tem sido a tradição, de o prefeito da cidade sede ser o presidente. Ele tinha mais legitimidade do que eu, por ser prefeito de segundo mandato e pela experiência que tem, mas foi humilde e me proporcionou a oportunidade. Agradeço a ele e a todos vocês”, disse. Joares lembrou ainda de avanços que aconteceram ao longo de seu mandato, como a criação do Consórcio Multifinalitário, o Projeto Líder, com o Sebrae, o Projeto de Desenvolvimento Integrado do Turismo, em fase de implantação, e de outras conquistas da Amurel que tiveram a participação das associações de municípios, da Fecam e de outras entidades.

Novo presidente

O prefeito de São Ludgero Volnei Weber disse estar bastante satisfeito pelo reconhecimento e aceitação de seus colegas a sua assunção ao cargo, e em especial aos colegas de partido, por terem concordado com sua indicação à presidência. “Quando abri mão da candidatura no ano passado o fiz em respeito à trajetória do Joares (Ponticelli), mas principalmente pelo sentimento de unidade. Agora, vou dar continuidade ao bom trabalho que já vem sendo feito e buscar intensificar a busca pela resoluções dos problemas comuns aos prefeitos e aos municípios”, disse.

O prefeito de São Martinho, que já ocupa a vice-presidência do consórcio Ciga também fez suas considerações pela nova função que vai ocupar. “Nossa missão como agente político é feita por desafios. Ser eleito como vice-presidente da Amurel é mais um deles, sempre em prol do fortalecimento da Associação, do municipalismo e ajudando os municípios associados,” declara o prefeito, Robson Jean Back, e vice-presidente da Amurel.

O deputado estadual Manoel Mota e o ex-deputado federal Edson Bez de Oliveiraprestigiaram a posse do novo presidente da entidade.

Colaboração: Álvaro Dalmagro – Assessoria de Comunicação da Amurel

Slider

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui