12/01/2024 às 17h16min - Atualizada em 12/01/2024 às 17h16min

Inflação na Argentina supera a da Venezuela e ultrapassa 211%

Em dezembro de 2023, taxa de inflação na base mensal atingiu 25,5%

Foto: Divulgação/Rede Social Javier Milei
 
 
 
A Argentina registrou uma taxa de inflação de mais de 211% em 2023, de acordo com dados oficiais divulgados nesta quinta-feira, 11. Esse é o nível mais alto desde os anos 1990, quando o país enfrentou uma hiperinflação. No mês de dezembro, a taxa mensal de inflação na Argentina foi de 25,5%, um pouco abaixo das previsões. Isso ocorreu após uma forte desvalorização do peso no mês anterior, logo após Milei assumir o cargo em 10 de dezembro.  Com esses números, a Argentina supera a Venezuela, que por muito tempo foi conhecida pela alta inflação na América Latina. Em 2023, a inflação no país vizinho caiu para cerca de 193%, após anos de aumentos descontrolados nos preços. Milei tem implementado medidas rigorosas com o objetivo de combater a inflação, reduzir o déficit fiscal e reconstruir as finanças do governo.

Informações: JP News
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canaldosul.com.br/.