23/01/2024 às 18h30min - Atualizada em 23/01/2024 às 18h30min

Cooperativas e concessionárias de energia elétrica ganharão incentivos para ampliar o abastecimento nas áreas rurais catarinenses

Apenas 33,7% do meio rural é atendido pela rede trifásica

Foto: Volnei Weber
 
 
 
O governo do estado sancionou nesta semana a lei que cria um crédito presumido de até 20% do ICMS anual às cooperativas e concessionárias de energia elétrica, a fim de financiar a construção de subestações, linhas de transmissão e instalação e melhorias da rede trifásica. Essa proposta já havia sido debatida pela Frente Parlamentar de Apoio às Cooperativas de Energia de Santa Catarina da ALESC, presidida e criada por proposição do deputado estadual Volnei Weber que inclusive realizou audiências em Brasília, em parceria com o segmento, a fim de buscar soluções para esse que é considerado um dos grandes problemas do agronegócio catarinense. 

“Essa lei é o resultado de muito trabalho e luta para valorizar o trabalho do homem do campo. Levar energia de qualidade às áreas rurais é contribuir para que os produtores possam transformar seus negócios, tendo acesso à tecnologia de ponta e, consequentemente, agregar valor a produção agrícola catarinense”, explica Weber. 

De acordo com dados da Celesc, apenas 33,7% do meio rural é atendido pela rede trifásica, enquanto 65,7% continuam com a rede monofásica. 


“Hoje em dia as empresas rurais chegam a gerar mais emprego e renda do que muita indústria. E entendendo essa importância econômica do segmento para o nosso Estado, que encabeçamos, por meio da Frente Parlamentar e em parceria com demais parlamentares, essa luta a favor das cooperativas, das concessionárias e, claro, do homem do campo”, finaliza Volnei Weber.

Ascom/Luciana Pons
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canaldosul.com.br/.